Angola celebra semana dos ods com ênfase no reforço do sistema de saúde

22 de Setembro de 2017, Luanda - As Agências das Nações Unidas e seus parceiros em Angola juntaram-se esta quinta-feira, 21 de Setembro,  para assinalarem a semana mundial sobre os Objectivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), com um forte compromisso colectivo para acelerar a sua implementação no país e uma ênfase especial no reforço do sistema de saúde.

A cerimónia foi presidida pelo Coordenador-Residente das Nações Unidas em Angola, Dr. Pier Paolo Balladelli, na presença do Dr. Rui Xavier, director adjunto do departamento de relações internacionais do Ministério das Relações Exteriores,   Dr. Milton Reyes, director do Ministério do Plano, Dr. Camilo Ceitas,  director do INE (Instituto Nacional de Estatistica), assim como dos chefes das agências e funcionários das Nações Unidas.

Ao iniciar a cerimónia sobre a apresentação do relatório mundial sobre os progressos e desafios neste segundo ano da implementação dos Objectivos do Desenvolvimento Sustentável, o Coordenador-Residente das UN expressou o apoio das Nações Unidas ao Governo angolano para que as metas do desenvolvimento sustentável sejam atringidas e desejou que esse esforço conjunto permita alcançar as metas globais. «O relatório que hoje apresentamos vai-nos permitir reflectir sobre a necessidade de se acelerar a implementação dos ODS em Angola e de, especialmente, redobrar os esforços das Nações Unidas no apoio ao país, para que tais objectivos fundamentais sejam alcançados», disse ele.

A Semana Mundial dos  ODS  está a ser celebrada de 16 a 23 de Setembro,  paralelamente à realização da Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova Iorque, e inclui eventos como palestras, debates e encontros de reflexão sobre a construção de um planeta mais seguro, saudável e inclusivo.

Adoptada pela ONU, em 2015, por aproximadamente 200 Chefes de Estado e de Governo, após cinco anos de intensas negociações, a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável tem como propósito garantir um planeta saudável para as gerações futuras e criar sociedades pacíficas e inclusivas, como base para garantir vidas de dignidade para todos os povos do mundo.

Num conjunto de 17 objectivos e 169 metas que reflectem os problemas sociais para um desenvolvimento sustentável, os líderes mundiais assumiram o compromisso de acabar com a pobreza e a fome, garantir a saúde e o bem-estar em todas as etapas da vida, alcançar a segurança alimentar e melhorar a nutrição, promover a agricultura, promover a igualdade da educação e a equidade do género, assim como o acesso á agua potável, saneamento e a promoção do crescimento económico. Constituem igualmente Objectivos do Desenvolvimento Sustentavel, a redução das desigualdades dentro dos países e entre eles, tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis, tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos e fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

Rui Xavier, do departamento de relações internacionais do ministério das relações exteriores encerrou a cerimónia, reiterando que o governo de Angola continua empenhado na liderança deste processo, quer incorporando os objectivos do desenvolvimento sustentável  nos planos nacionais de desenvolvimento, quer estreitando parcerias e  alargando a participação de outros intervenientes de uma forma inclusiva.

Comentando o evento, o Representante da OMS, Dr. Hernando Agudelo, referiu que «A OMS está a trabalhar com o Ministério da Saúde e com outros parceiros para que as metas dos ODS relacionados com o reforço do sistema de saúde e a qualidade dos serviços sejam uma realidade em Angola, nomeadamente no que concerne à saúde da mãe e da criança e à promoação da saúde tm todas as etapas da vida».

 

Click image to enlarge
For Additional Information or to Request Interviews, Please contact:
SOARES CAETANO Jose Da Costa

Email: soarescaetanoj [at] who.int