OMS manifesta sua tristeza pela morte de um colega que trabalhaba na República Democrática do Congo

A Organização Mundial da Saúde manifesta sua tristeza ao saber, nesta manhã, da morte repentina de um colega em Beni, na República Democrática do Congo. O colega foi transferido de um país vizinho para Beni para trabalhar na resposta ao Ébola, onde apoiou a equipa administrativa. A causa exata da morte ainda está sendo investigada, mas um relatório médico preliminar descartou como causas o Ébola e a violência.                                                                                                                                                                                                        

Atualmente, há 500 funcionários da OMS implantados na RDC para apoiar a resposta ao Ébola.

Nossos corações vão para a família do nosso colega. Prestamos homenagem aos muitos homens e mulheres dedicados de toda a região africana e além, pelo seu trabalho em acabar com este surto.

Click image to enlarge
For Additional Information or to Request Interviews, Please contact:
Collins Boakye-Agyemang

Communications and marketing officer
Tel: + 242 06 520 6565
Email: boakyeagyemangc [at] who.int

OKA Sakuya

Communications Manager (a.i)
WHO Regional Office for Africa
Tel: +242 06 508 1009
Email: okas [at] who.int